Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãos Cheias de Nada

Retalhos dos meus dias tristes...

Mãos Cheias de Nada

Retalhos dos meus dias tristes...

09.Nov.16

Aconteceu. Que trampa...

trampa.png

Embora um pouco distante do contexto do blog, não deixa de ser mais um dia triste. Longe de ser uma aficionada política, e partidarismos à parte, não poderia deixar passar o dia de hoje em branco. Um dia marcante pela negativa. Chocante pela incredibilidade da amarga notícia. Depois de meses de sondagens, de debates, somos bafejados logo pela manhã com a confirmação inacreditável de que uma das maiores potências do mundo será comandada por um qualquer tirano alucinado.

Um homem que se apresenta sem escrúpulos, sem princípios, xenófobo e racista, preconceituoso e machista, da boca do qual ouvimos as maiores barbaridades, demasiado insultuosas para qualquer ser humano minimamente inteligente. Alguém que debitou uma qualquer espécie de discurso vazio a que chamou política, contra todo um sistema, apenas porque sim, e que, contra todas as expectativas, é hoje Presidente dos Estados Unidos da América.

Poderá a sociedade americana ser assim tão desinformada? Será este o circo americano que teremos que assistir nos próximos anos? Um espectáculo vergonhoso que nos remete para um cenário futuro certamente negro. Mesmo sabendo que a liberdade do Presidente dos Estados Unidos é relativa, uma vez que a constituição e a legislação americanas limitam o poder presidencial através da dependência do Congresso e de outras entidades, não podemos esquecer que Trump será Chefe de Estado e de governo da maior economia mundial, com uma das forças armadas mais poderosas e um dos maiores arsenais nucleares do mundo. A influência global deste resultado eleitoral é no mínimo assustadora. Estaremos perante um hitlerismo moderno? Voltaremos a ter novos muros de Berlim? Será que a nossa geração ainda irá assistir à tão eminente Terceira Guerra Mundial? Vemo-nos perante uma nação entregue nas mãos de um homem que não esconde o seu lado bélico, nem a sua admiração pelo líder russo, Vladimir Putin. Não nos bastava todas as catástrofes que têm vindo a acontecer, um brexit inesperado, uma Europa desequilibrada, um mundo islâmico a criar horror…e agora futuro? O que nos reservas?

 

"To trump is to outrank or defeat someone or something, often in a highly public way." (in vocabular.com)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.